‘Nada atrapalha’ votação da denúncia, diz Temer sobre vídeos da delação de Funaro

Presidente deu declaração após ser questionado sobre o assunto ao deixar a casa de um deputado. CCJ da Câmara já começou a discutir parecer que recomenda a rejeição da denúncia contra Temer.

 

 

 

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (17) que “nada atrapalha” a votação da denúncia oferecida contra ele pela Procuradoria Geral da República.

Temer deu a declaração após ser questionado sobre se a divulgação dos vídeos da delação de Lúcio Funaro”atrapalha” a análise da denúncia. O presidente participou de um almoço na casa do deputado Heráclito Fortes (PSB-PI).

Temer foi denunciado pela PGR ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa.

A acusação contra o presidente é baseada em algumas delações, entre as quais a de Lúcio Funaro, apontado pelas investigações da Lava Jato como operador de propinas para o PMDB.

Funaro disse, por exemplo, ter “certeza” que Temer recebeu propina do esquema do PMDB que atuou na Caixa, o que o presidente nega.

CCJ começa a discutir arquivamento da 2ª denúncia contra o presidente Temer

CCJ começa a discutir arquivamento da 2ª denúncia contra o presidente Temer

Tramitação da denúncia

Mas o STF só poderá decidir se aceita ou rejeita a acusação contra o presidente se a Câmara dos Deputados autorizar.

Atualmente, a denúncia está em análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Mais cedo, nesta terça, os deputados da CCJ começaram a discutir o parecer do relator, Bonifácio Andrada (PSDB-MG), no qual ele recomenda a rejeição da denúncia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.