Mulheres são presas tentando entrar em Pedrinhas com droga e celulares no órgão genital

De acordo com a polícia, após a revista, verificou-se que a jovem objetivava ingressar na unidade prisional com entorpecentes

Duas mulheres foram presas acusadas de tentarem entrar no Complexo de Pedrinhas com celulares e droga. O caso mais recente foi registrado na tarde de ontem, no Plantão da Cidade Operária, e a acusada foi Maria do Espírito Santo Mendes, de 57 anos.

De acordo com a polícia, a mulher tentou entrar com os aparelhos celulares que estavam dentro de uma televisão. No sábado, 11, também no Plantão da Cidade Operária, Maria Cosma da Costa, de 26 anos, foi detida após tentar entrar no Presídio São Luís III com entorpecentes.

O caso foi descoberto após minuciosa revista na acusada. Após o procedimento, foi verificado que a droga – cujo tipo e quantidade não foram informada – estava escondida no órgão genital da mulher.

Ela informou, ao ser descoberta, que a droga era para seu marido, de nome não revelado, que está preso na unidade de segurança.

Com o fato, a mulher foi detida em flagrante e encaminhada para o complexo feminino, onde responderá pelo delito. Segundo a polícia, com o trabalho de reestruturação da revista do Complexo de Pedrinhas, houve uma diminuição no número de tentativas de ingressar na parte interna da unidade com alguma droga.

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.