Mulher baleada em operação na Camboa está fora de perigo

 

 

 

A mulher identificada como Vanessa, que levou um tiro acidental no tórax em operação policial na Camboa nesta segunda-feira, foi transferida da UTI para leito no Hospital Socorrão I.

 

 

Atingida por uma bala perdida em operação policial que aconteceu na última segunda-feira (7), a mulher identificada como Vanessa está fora de perigo e foi transferida da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para um leito no Hospital Djalma Marques, Socorrão I, na manhã desta quarta-feira (9).

 

De acordo com sua vizinha, moradora também do Residencial  Camboa, ela deverá ser transferida para o Hospital de Urgência/Emergência Dr.Clementino Moura (Socorrão II), para uma cirurgia no braço, que teria quebrado na queda que a vítima sofreu após o impacto da bala em seu tórax.  Joelson Feliciano, que também foi baleado na operação, foi enterrado hoje. De acordo com a Polícia Militar, ele portava uma pistola calibre 12 e trocado tiros com a polícia.

 

O morador da Residencial Camboa, Joelson Feliciano, morreu na tarde de ontem (8). Joelson estava internado em estado grave no  Hospital Djalma Marques (Socorrão I) e passou por cirurgias, mas não resistiu. O homem é tem passagem na polícia por quatro homicídios e várias várias ocorrências de tráfico de drogas.

 

Ainda ontem (8), as armas dos policiais da ROTAM que participaram de operação de ontem no bairro Camboa foram recolhidas para a realização de perícia, que ainda não foi concluída. A operação foi deflagrada no início da tarde desta segunda-feira (7), no Residencial Camboa. Policiais militares atenderam ao chamado do Centro de Operações Integradas de Segurança (Ciops) de que haviam criminosos armados no local com o objetivo de efetuar assaltos. Na operação, cinco homens foram presos, um menor foi apreendido e também uma arma, um simulacro, drogas e balança de precisão foram apreendidos no condomínio.

 

 

Moradores socorrem Vanessa, que foi atingida por bala perdida em operação policial

Entenda o caso

 

Nesta segunda-feira (7), o Sistema Difusora trouxe a cobertura exclusiva de uma operação da polícia que resultou em dois feridos na Camboa.  Uma das vítimas é uma mulher – que acompanhava a situação e foi atingida por um tiro  que partiu do arma de um tenente da  Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), como mostrado nas imagens exclusivas abaixo. Os repórteres Geyce Gomes e Wanderley Ramos acompanharam de perto a operação no Residencial Camboa.

 

No início da tarde desta segunda-feira (7), equipe da Polícia Militar (PM) compareceu ao Residencial Camboa atendendo ao chamado do Centro de Operações Integradas de Segurança (Ciops) de que haviam criminosos armados no local com o objetivo de efetuar assaltos. Na operação, cinco homens foram presos, um menor foi apreendido e também uma arma, um simulacro, drogas e balança de precisão foram apreendidas no condomínio. A população estava revoltada, pois um homem identificado como Joelson Feliciano Leal foi baleado. Segundo o Tenente Farias, ele tem passagem por quatro homicídio e várias ocorrências de tráfico de drogas e portava uma arma calibre .12 e teria atentado contra a vida de um policial da Rotam.

 

Segundo o mesmo tenente, foi encontrada quantidade considerável de maconha e cocaína no local.

 

Em meio ao confronto, um morador jogou uma pedra em viatura da polícia, que respondeu com tiros. O Tenente Farias efetuou disparos – que, aparentemente, seriam de advertência – mas que atingiram o tórax da mulher, até agora identificada como Vanessa, que desmaiou na hora. A situação causou pânico na comunidade, que socorreu Vanessa e a levou para o hospital Socorrão I.

 

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-MA) esclarece que aguarda a conclusão do relatório sobre a referida operação no bairro da Camboa, para prestar esclarecimentos mais precisos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.