Morte de menino causa revolta em Madureira

Uma manifestação por causa da morte do menino Rian Gabriel, baleado na porta da casa do avô no domingo (27), interrompia o trânsito na Avenida Ministro Edgar Romero, em Madureira, Subúrbio do Rio, na tarde desta segunda-feira (28). O protesto começou por volta de 13h.

Ao menos dois ônibus — um deles do BRT — e uma estação do sistema de transporte foram incendiados, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros. A unidade de Campinhos foi acionada e já havia extinguido as chamas dos coletivos até 14h30 — quando a via seguia interditada. A Polícia Militar foi acionada, inclusive o Batalhão de Choque.

Em redes sociais, usuários relataram saques e disparos de tiros. Próximo ao local, o Mercadão de Madureira teve uma das entradas fechadas por conta da violência. Os manifestantes teriam tentado invadir o Mercadão

O BRT informou que a estação Madureira/Manaceia teve o serviço temporariamente interrompido por “falta de condições de segurança”. Com isso, as linhas Galeão x Alvorada – Semidireto; Fundão x Madureira – Parador; e Fundão x Alvorada – Expresso foram suspensas.

O trânsito em direção a Vaz Lobo estava sendo desviado pela Rua Oliva Maia, de acordo com o Centro de Operações da Prefeitura

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.