Meirelles diz que governo não está pensando em recriação da CPMF ‘no momento’

Ministro da Fazenda diz, porém, que governo trabalha para enviar para o Congresso e aprovar projeto de reforma tributária ainda em 2017.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (22) que o governo não está pensando na volta da CPMF dentro das discussões sobre reforma tributária e medidas para elevar as receitas do governo.

“No momento, não estamos pensando em recriação de CPMF”, disse o ministro, após participar de encontro com investidores em São Paulo.

Questionado se a chance de retorno do tributo era “zero”, Meirelles, entretanto, desconversou. “O que existe é o início de trabalho de uma comissão que irá estudar a reforma tributária”, disse.

Segundo ele, a ideia é elaborar um projeto conjunto, entre Executivo e Legislativo, e conseguir a aprovação no Congresso Nacional ainda neste ano.

[Uma reforma tributária] que possa, de fato, melhorar a tributação no Brasil, possibilitando uma política tributária mais racional, mais eficiente e que possa facilitar a vida de todos”, disse.

Na véspera, o relator da reforma tributária, deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), afirmou à reuters que a CPMF seria destinada ao financiamento da Previdência. Por sua vez, o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, disse que “não há desejo” no governo de criar novos tributos. Em entrevista à Reuters na terça-feira, afirmou que é “um pouco prematuro” discutir a proposta.

FONTE: G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.