Maranhense é morta dentro da própria casa, em Brasília

 

 

A vítima, natural de Colinas, era empresária e morava na capital federal com a família

 

 

Na última terça-feira (6), a maranhense Romilda Torres Sousa foi morta em Brasília (DF), dentro de casa. O principal suspeito é o seu marido, de 39 anos, que se matou em seguida. O corpo de Romilda foi enterrado no fim da tarde de ontem. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), na capital federal.

A vítima, de 40 anos, era natural de Colinas (MA) e possuía uma casa lotérica na capital federal. Ela e Elson tiveram dois filhos, de 3 e 4 anos. O corpo dela foi enterrado no fim da tarde de ontem.

A principal hipótese traçada pela Polícia Civil é a de feminicídio seguido de suicídio. Entretanto, o delegado-adjunto da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), João de Ataliba Nogueira Neto, avisa que questões precisam ser respondidas para o inquérito ser encerrado. Uma delas é em relação à arma do crime, que não pertencia a Elson. O nome do proprietário foi identificado, e a polícia o ouvirá. “Precisamos checar também se Romilda realmente morreu por projéteis vindos da arma apreendida”, explicou o delegado. “Temos de entender como Elson adquiriu essa arma e se o dono tem responsabilidade.”

Com informações do portal Correio Braziliense

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.