Maranhão tem recomendação para vacinação contra febre amarela

Estado não tem casos da doença há 22 anos, mas por estar em área considerada endêmica, foi incluído em área de recomendação

Apesar de não ter nenhum caso notificado de febre amarela, o Maranhão foi incluído pelo Ministério da Saúde na área com recomendação de vacina. O estado não registra casos da doença há 22 anos, apesar de estar em uma área considerada endêmica.

Ontem (2), o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ressaltou a importância da vacinação, especialmente nas regiões onde estão ocorrendo os casos da doença. Desde o início deste ano, o Ministério da Saúde tem enviado doses extras da vacina contra a febre amarela aos estados que estão registrando casos suspeitos da doença, além de outros localizados na divisa com áreas que tenham notificado casos.

Uma campanha está sendo preparada pelo Ministério da Saúde para informar os públicos que devem se vacinar neste momento. Com o slogan: “Informação para todos, vacina para quem precisa”, a campanha será veiculada em TVs, rádios, mobiliário urbano, redes sociais e internet, além de sites especializados em turismo. O público alvo serão os moradores das áreas com recomendação de vacinação, o que inclui o Maranhão.

A vacinação de rotina é ofertada em 19 estados do país com recomendação para imunização. Todas as pessoas que vivem nesses locais devem tomar duas doses da vacina ao longo da vida. Também precisam se vacinar, neste momento, pessoas que vão viajar ou vivem nas regiões que estão registrando casos da doença: leste de Minas Gerais, oeste do Espírito Santo, noroeste do Rio de Janeiro e oeste da Bahia. Não há necessidade de corrida aos postos de saúde, já que há doses suficientes para atender as regiões com recomendação de vacinação.

FONTE: O ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.