Maranhão registou 17.773 casos de Aids, entre os anos de 1985 a 2017

Entre os anos de 1985 a 2017, o Maranhão registou 17.773 casos de Aids, sendo 62,8% do sexo masculino (11.165 casos) e 37,2% do sexo feminino (6.608 casos). Com relação às Regiões de Saúde, a de São Luís possui 45,3 % das notificações (8111 casos), vindo em seguida a Região de Imperatriz com 9,3% (1654 casos).

Pessoas entre 20 a 34 anos, maioria homens estão entre os mais infectados pela doença. O Ministério alerta para o aumento da doença, a partir de 2015, entre pessoas de 15 a 24 anos.

E nesta terça-feira (19), profissionais de saúde, comunidade científica, gestores públicos, sociedade civil e as pessoas vivendo com o HIV/Aids e hepatites virais, irão se reunir para o debate no enfrentamento do HIV/Aids, hepatites virais e sífilis no Maranhão.

O encontro será durante o III Congresso de Aids, I Congresso Maranhense das Hepatites Virais e II Seminário das Cidadãs Positivas do Estado do Maranhão, nesta terça-feira (19), no auditório da Faculdade Pitágoras, em São Luís.

O objetivo é reduzir a vulnerabilidade da população maranhense quanto às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), HIV/Aids e hepatites virais. O evento prossegue até a próxima quinta-feira (21).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.