Mais de 100 golpes pela internet já foram registrados este ano em São Luís

 

 

 

Para a polícia, muitos desses casos são caracterizados como estelionato virtual. Delegado Odilardo Muniz comenta o caso que afeta os maranhenses

 

ais de 100 golpes aplicados pela internet foram registrados só este ano em São Luís. Em alguns casos, aquilo que parece uma oportunidade de fazer uma boa compra, pode virar dor de cabeça e prejuízo.

Um exemplo desse tipo de golpe fez como vítima o técnico em edificações, Leonardo Rodrigues. Ele comprou uma chuteira por R$ 129 em uma página em uma rede social, que chamava atenção e tudo parecia estar em ordem. Mas era só impressão mesmo, pois depois de depositar o dinheiro em uma conta bancaria, Leonardo teve uma surpresa: a mercadoria nunca chegou e ele descobriu que a página era administrada por presidiários de Goiás.

“A gente está empolgado na compra, pois tem promoção e acaba sendo surpreendido com esta situação. Não tinha a noção do risco que eu estava correndo, pois as informações nem sempre são verdadeiras”, disse a vítima.

Golpes aumentam na internet contra consumidores maranhenses (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Golpes aumentam na internet contra consumidores maranhenses (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Leonardo não foi o único que já foi enganado. A internet está cheia de sites de reclamações. Há sempre comentários negativos sobre algum serviço. Para a polícia, muitos desses casos são caracterizados como estelionato virtual. Só esse ano, mais de 100 ocorrências, em São Luís, já foram registradas no Departamento de Combate aos Crimes Tecnológicos, vinculado à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) da Polícia Civil do Maranhão.

“A partir do momento que você fez o depósito e não verificou a reputação daquela empresa ou da pessoa que está vendendo. Aí, pronto. Você pode cair em um golpe e perde dinheiro”, disse o delegado Odilardo Muniz.

Além dos golpes em sites da internet, os golpistas também atuam por mensagens de celular. Em questão de minutos, enganam e roubam dados bancários e dinheiro. Como o mercado virtual cresce no país, os bandidos se aproveitam disso.

Segundo dados do Comitê Gestor da Internet no Brasil, o setor de comércio eletrônico cresceu 250% no país nos últimos cinco anos. Os crimes também aumentaram. Na capital, a polícia já conseguiu prender uma quadrilha que vendia celulares roubados.

“Havendo o prejuízo financeiro, via de regra eles (bandidos) não colocam aqui no Maranhão, pois isso facilitaria nossa investigação. Então colocam para outro estado. A gente faz as diligências e coloca par ser investigado. Então se for aqui no nosso estado, nós investigamos”, concluiu o delegado.

Por isso, antes de fazer alguma compra pela internet desconfie de preços muito baixos e ofertas mirabolantes, pois podem ser golpe. Busque na própria internet, o que as pessoas estão dizendo sobre a loja. Comece procurando as reclamações. E se perceber que caiu em um golpe, procure a policia.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.