Lucas Porto passa por avaliação de sanidade mental em São Luís

 

 

 

Em imagens gravadas durante a saída da avaliação psiquiátrica do assassino confesso, o irmão de Lucas Porto aparece agredindo a irmã de Mariana Costa.

 

 

Lucas Porto, assassino confesso da publicitária Mariana Costa, sobrinha-neta do senador José Sarney, realizou nessa quinta-feira (17), uma avaliação médica de sanidade mental no Hospital Nina Rodrigues em São Luís. Mariana foi estuprada e assassinada em novembro de 2016.

A defesa de Lucas Porto instruiu o pedido de laudo psiquiátrico com base no Artigo 49 do Código de Processo Penal, que diz que “quando houver dúvidas sobre a integridade mental do acusado, o juiz ordenará (…) seja este submetido a exame médico-legal”. O laudo médico de Lucas Porto será enviado a Justiça em um prazo de 60 dias.

Durante a saída do acusado do hospital, a irmã da vítima, Juliana Costa foi agredida por Mateus Porto, irmão do acusado. Em imagens gravadas por uma pessoa que presenciou a confusão, o irmão de Lucas Porto chega a empurrar Juliana.

Segundo Juliana Costa, ela estava esperando o acusado sair do exame para conseguir fazer algumas fotos e vídeos dele. Durante sua saída, Juliana afirma que foi diversas vezes coagida por Mateus Porto. “Quando eu vi que tinha terminado o exame eu ia bater uma foto dele saindo, quando eu estava lá embaixo, o Mateus veio para cima de mim e ficou o tempo todo me coagindo”, conta.

O advogado da família de Lucas Porto diz que por conta das imagens, não é possível comprovar a agressão. “Ele está o tempo todo de braços para o alto, com as mãos abertas”, explica.

Lucas Porto é acusado de estuprar e matar a ex-cunhada, a publicitária Mariana Costa.  (Foto: Reprodução/ TV Mirante)

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.