Leitoa destaca lançamento de candidaturas da oposição

O deputado Chico Leitoa (PDT) destacou, hoje (1º), na tribuna na Assembleia Legislativa, o lançamento das candidaturas de oposição no Estado. Ele citou as convenções que oficializaram as candidaturas de Jackson Lago (PDT) e Flávio Dino (PCdoB) e disse que os dois deram exemplo de que é possível a convivência democrática numa disputa onde as regras são respeitadas. Chico Leitoa elogiou alianças do PDT com o PSDB e o PTC e do PCdoB com o PSB e o PPS.

Sobre o PT, o deputado disse que sua situação é um “contra-exemplo”, já que o Partido dos Trabalhadores escolheu apoiar o deputado federal Flávio Dino, decisão que foi revertida pelo Diretório Nacional do partido.

“A oposição neste momento deu exemplo de que é possível conviver mesmo na disputa e em nome de algo que é maior do que as questiúnculas locais. Acho que o PPS decidiu democraticamente pelo apoio ao deputado Flávio Dino. E o nosso lado, em que sou mais ligado que é o PSDB e o PDT, não fez força no sentido de que fosse desfeita essa decisão do PPS”, reafirmou.

Chico Leitoa acredita que a oposição está fortalecida e relembrou a eleição de 2006, quando a votação da capital foi arrasadora para a atual governadora. Ele também citou a cidade de Imperatriz, que garantiu 80% de seus votos ao ex-governador Jackson Lago, no segundo turno.

O parlamentar também citou números gerais das candidaturas de oposição na capital em 2006, que somaram 78% dos votos.

A cidade de Caxias também foi citada por Chico Leitoa. Lá, no primeiro turno, o candidato ao governo do estado, Edson Vidigal, apoiado pelo prefeito Humberto Coutinho, teve 40% dos votos, enquanto Jackson Lago teve 10% contra 45% da então senadora Roseana Sarney. No segundo turno, os votos para Vidigal e Jackson se juntaram e ultrapassaram a votação de Roseana Sarney.

Chico Leitoa também destacou que Jackson Lago, no período em que esteve no governo do estado, se fez muito presente nos municípios de Caxias, Timon e Imperatriz.

“Nós temos hoje uma perspectiva de que a oposição, se tiver juízo e um pouco de humildade que falta em alguns, com certeza vencerá essa eleição. Mas é necessário que se faça, que não prevaleça a indústria do fuxico, porque o fuxico tem pautado a política em alguns pontos”, alertou.

O parlamentar encerrou seu pronunciamento convocando todos os membros dos partidos de oposição a fazerem campanha com maturidade e respeito, para que a eleição seja vencida no segundo turno. E reiterou que nesta campanha, enquanto a máquina estatal e a mídia estão do lado de lá, do lado da oposição está a vontade popular de novamente libertar o Maranhão dos métodos atrasados na política no Estado.

“É preciso que a oposição se convença de que cada um tem um papel importante. Ninguém é melhor do que ninguém. Com sintonia fica mais fácil, tudo combinado é barato. Agora se alguém quiser ser o dono da razão, o dono de tudo, aí lamentavelmente vai derramar o caldo e isso não interessa para ninguém, muito menos para o povo do Maranhão”, alertou novamente.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.