Jaques Wagner chama clientes em restaurante de “Vagabundos”

Braço direito de Lula e Dilma, Jaques Wagner (PT) foi hostilizado neste domingo (06) ao sair para almoçar em Brasília em um restaurante japonês com sua esposa, a ex-primeira-dama da Bahia, Fátima Mendonça. O fato aconteceu especialmente quando Wagner deixava o restaurante.

Neste momento, uma mulher gritou: “Fora PT”. De acordo com o jornal Correio Braziliense, o ministro se irritou e respondeu, ao ser chamado de “ladrão”, “Vocês não estudaram? Vagabundos, mal-educados, fascistas”. Fátima o levou para fora do recinto e Wagner afirmou ter ficado “muito chateado” com o ocorrido, considerando o gesto dos manifestantes como um “desrespeito à sua mulher”.

Vale lembrar que em São Paulo outros petistas já foram hostilizados, como por exemplo o ex-ministro Guido Mantega e Alexandre Padilha, assim como o presidente do PT, Rui Falcão, em Brasília.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.