Inquérito do caso Davi Bugarin é concluído

 

 

O inquérito será agora encaminhado ao Poder Judiciário

 

 

Em nota, a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) confirmou que o inquérito referente ao Caso Davi Bugarin foi concluído e está sendo encaminhado ao Poder Judiciário.

Após a análise dos laudos e inquirições levantados nas investigações, todo contexto da investigação policial foi avaliado, sendo possível assim concluir o inquérito.

No informe, a SHPP aponta que “de tudo que foi analisado, as conclusões levaram ao indiciamento do Walber Pestana da Silva por homicídio doloso simples, ainda que existam nos autos indícios de que a vítima, Davi de Souza Bugarin de Melo, tenha agredido a namorada, filha de Pestana, mantendo-a em cárcere privado no dia do crime. Desse modo, a legítima defesa própria e de terceiro, solicitada por Walber Pestana da Silva, será analisada quando o processo penal for instaurado no Poder Judiciário, cabendo nessa instância o exercício do contraditório e ampla defesa e a conveniente análise de excludência de ilicitude”.

Relembre o caso

Davi Bugarin foi morto no dia 15 de fevereiro, pelo sogro, um policial aposentado, identificado como Walber Pestana da Silva, de 62 anos. O crime aconteceu na Avenida dos Nobres no bairro Parque dos Nobres, Região Metropolitana de São Luís, no dia 15 de fevereiro.

Após o crime, o coronel reformado prestou depoimento e confessou ter atirado contra Bugarin.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA1O

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.