Homem confessa assassinato de agente penitenciário na Avenida Litorânea

Idael Melo Roxo foi autuado por homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo.

 

 

 

SÃO LUÍS – No fim da tarde deste domingo (9), um agente penitenciário, identificado como Jorge Luís Lobo da Cunha, de 38 anos, foi assassinado na Avenida Litorânea, em São Luís. Segundo a polícia, ele estava acompanhado de sua esposa e um casal de amigos com três crianças.

 

O autor do crime, identificado como Idael Melo Roxo, foi preso ao tentar fugir de bicicleta logo após o ocorrido. Com ele, foram encontradas duas armas de fogo, um calibre 38 e um 32, este escondido em suas partes íntimas.

 

A versão apresentada por Idael foi a de que ele estava jogando futebol na areia, quando uma mulher, que ele não conhece, o informou de que quatro homens estavam aguardando para matá-lo. Para se defender, fez uma ligação, a alguém que ele não identificou, e solicitou duas armas. Quando estava saindo da praia, ouviu disparos e então correu e atirou de costas. Estes disparos teriam atingido o agente penitenciário, que morreu no local.

 

O delegado Leonardo Carvalho, da Superintendência de Homicídios, disse que testemunhas não confirmam essa versão de Idael. O suspeito já tinha três passagens pela polícia. Duas por roubo e uma por porte ilegal de arma de fogo. Idael Melo Roxo foi autuado por homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo por estar com duas armas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: IMIRANTE.COM

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.