Grupo Trio Ternura é sequestrado por bando de homens armados com fuzis

Nove pessoas entre músicos e funcionários da banda Trio Ternura passaram por momentos de terror na madrugada desta sexta-feira, 21. A van em que o grupo viajava voltando de um show em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, foi abordada por cerca de dez homens fortemente armados na altura de Niterói. Os músicos foram levados pelos bandidos para dentro de uma favela onde tiveram seus pertences confiscados pelos assaltantes. Laptops, celulares e todos os instrumentos da banda ficaram com os bandidos. O prejuízo estimado é de R$ 60 mil.

Ainda muito assustado com o ocorrido, Rafah Garcez, vocalista da banda, falou com o EGO sobre o episódio e disse que teve medo de morrer. “Com certeza. Todo mundo de costas estava vulnerável a qualquer tipo de coisa, num local deserto, no topo da favela… Mas graças a Deus não fizeram nada pior. A gente tinha show para fazer essa semana, mas não vai ter condição nenhuma de fazer. Parece até um pesadelo. Quero acordar e descobrir que não aconteceu nada disso”, disse o vocalista.

Segundo ele, os bandidos questionaram se havia alguém armado. “Poderia ter sido muito pior porque eles estavam com armamento pesado, com fuzis. A gente não reagiu e obedeceu tudo que eles falavam. Contamos totalmente com a sorte. Queria pedir ajuda as pessoas para divulgar o que aconteceu e para que chegue de repente ao ouvido de alguém que possa pelo menos devoler nossos instrumentos. Vai atrapalhar muito o andamento do nosso projeto”, completou ele, que prestou queixa na 5ª Dp – Mem de Sá, na Lapa, Centro do Rio.

O empresário do grupo, Rafael Onofre, disse que está estudando maneiras para tentar aumentar a segurança dos músicos. “Estão todos bastante assustados. Viemos prestar queixa na delegacia, mas é óbvio que vamos tentar tomar mais cuidado com relação a segurança. Acho que vamos contratar um segurança ou pelo menos pensar duas vezes antes de viajar de madrugada. Foi um prejuízo alto. Perdemos teclados, microfones, laptops… Levaram tudo. Eles ficaram apenas com os documentos. Os policiais falaram que vão tentar recuperar os pertences, mas que é complicado. Temos esperança, mas sabemos que é difícil, né? O comboio vem, assalta e você não sabe para onde realmente vão. Muita gente compra instrumento roubado porque consegue um preço mais barato. Aí ficam os músicos profissionais que trabalham com música como ganha pão sem nada”, lamentou.

O Trio Ternura ficou conhecido sob a liderança de Thiago Martins, que passou os vocais do grupo para Rafah Garcez em fevereiro do ano passado. Thiago deixou a banda para seguir carreira solo e o grupo continuou fazendo shows por todo o país.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.