Grafite quer quebrar jejum de gols pelo Santa Cruz como visitante

Principal nome do Santa Cruz, o atacante Grafit bom número de gols na Série B. Disputou nove partidas e marcou cinco vezes – média superior a uma bola na rede a cada dois confrontos. Mas sabe o que os gols do Camisa 23 têm em comum? Todos foram feitos no Arruda ou na Arena Pernambuco. O vice-artilheiro da equipe não comemorou fora de casa. E admite que o “jejum” como visitante já o incomoda.

–  É uma coisa natural para o atacante querer marcar gols. Até certo ponto, (o jejum) incomoda mesmo. O pessoal cobra. Sempre bom estar marcando gols. Ainda bem que nos jogos em casa, eu venho fazendo. E fora de casa não estou tendo o mesmo êxito.Mas tudo tem seu tempo.

Diante do Sampaio Corrêa, no sábado, o atacante planeja colocar fim à seca. Mas deseja controlar a ansiedade para não prejudicar seu futebol no confronto.

– Ansiedade é normal, até porque todas as equipes têm esse desejo de entrar e permanecer no G-4. O que a gente tem de fazer é saber lidar e fazer isso se tornar um fator positivo para a gente, já que o jogo é direto por uma vaga.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.