Governo oferece formação continuada em Educação Quilombola

Professores que atuam em escolas quilombolas de ensino médio da rede pública estadual participam, na próxima semana, em São Luís, da Formação Continuada em Educação Escolar Quilombola.

Promovida pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a formação é a mais antiga reivindicação da categoria.

A aula inaugural será realizada na próxima segunda-feira (18), a partir das 8h, no Hotel Veleiros, bairro Ponta d’Areia.

A formação vai contar com a presença de professores e gestores de escolas quilombolas, técnicos das Unidades Regionais de Educação (UREs), autoridades e representantes da sociedade civil e de movimentos sociais.

Durante evento, o professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Rosenverk Estrela Santos, ministrará a palestra ‘Pluralidade cultural e combate ao racismo’.

Organizada pela Supervisão de Educação Escolar Quilombola e de Educação para as Relações Étnico-Raciais (Supeqerer) da Seduc, a formação ocorre em três etapas: a primeira no período de 18 a 22 deste mês; a segunda, de 16 a 20 de outubro; e a terceira, 6 a 10 de novembro.

O objetivo é balizar o ensino quilombola no Maranhão aos saberes tradicionais, acervos orais, características históricas, étnicas e culturais das comunidades, conforme aconselham as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Quilombola na Educação Básica.

O conteúdo da formação continuada está distribuído nos eixos ‘Introdução aos Estudos Africanos e Quilombo’ e ‘Territorialidade: Aspectos Históricos e Culturais’.

O primeiro módulo da formação culminará com uma webconferência, que tem como tema central a ‘História e Cultura Negra Brasileira e Maranhense: diversidade e pluralidade’, e acontecerá no próximo dia 22, às 8h, no auditório da UEMANET.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.