Governo lança edital para credenciar serviços médicos de média e alta complexidade para servidores do Estado

O Governo do Estado, por meio da Comissão Central Permanente de Licitação (CCL), enviou para publicação o Aviso de Credenciamento que objetiva credenciar empresas ou consórcio de empresas especializadas na prestação de serviços médicos hospitalares de média e alta complexidade para atendimento pleno aos servidores públicos estaduais ativos e inativos, contribuintes do Fundo de Benefício de Servidores do Estado do Maranhão (Funben), na região metropolitana de São Luís.

De interesse da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep), o Credenciamento n° 002/2017 prevê a oferta de consultas médicas, procedimentos ambulatoriais, cirurgias oftalmológicas, leitos de internação (clínicas e pediátricas), leitos de internação para Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e serviços de apoio diagnóstico e tratamento. O edital ainda específica os serviços de operacionalização do atendimento integral, atendimento ambulatorial, atendimento de urgência e emergência 24 horas ininterruptas.

O Aviso de credenciamento foi assinado na tarde de quinta-feira (23), pelo presidente da Comissão Central Odair José Neves; contou com a presença da subsecretária da Segep, Maria de Lourdes Bastos, e da integrante da Comissão Técnica de Avaliação, da Segep, Gerviz Frota de Albuquerque. “O credenciamento é uma importante intervenção do governador Flávio Dino visando garantir condições médico hospitalar adequada, que atenda aos servidores públicos do Estado”, destacou o presidente da Comissão Central, Odair José Neves.

O edital pode ser baixado na página da CCL, www.ccl.ma.gov.br. A documentação necessária para participar do credenciamento deverá ser entregue no setor de protocolo, em horário comercial, até o dia 28 de março, na CCL, localizada na Rua 44, quadra 18, n° 35, Calhau.

A sessão para abertura dos envelopes será realizada no dia 29 de março, no auditório Benedito Dutra Mendonça, na sede da CCL. O processo de credenciamento obedecerá às etapas de análise documental, seguida por uma vistoria técnica, das áreas físicas e serviços, realizada pela Comissão do Credenciamento. As empresas serão credenciadas conforme a necessidade do Funben. O contrato de credenciamento terá vigência de doze meses.

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.