Governo do Estado investe R$ 12 milhões para ampliar serviços dos Cras e Creas

Após entregar 78 unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), o governador Flávio Dino anunciou investimentos de R$ 12 milhões para potencializar e ampliar os serviços e benefícios ofertados nesses centros. Os recursos serão transferidos aos municípios como forma de cofinanciamento das ações e tem como objetivo ampliar a política socioassistencial do Governo do Estado.

Além do cofinanciamento para apoiar as políticas de acolhimento, as famílias e indivíduos em situação de alta vulnerabilidade social, o Governo do Estado investirá na ampliação das unidades de Cras e Creas, totalizando 160 novas unidades até o final da gestão, o que significa investimento de R$ 63 milhões para reforma, adequação e instalação de mobiliário.

O cofinanciamento aos municípios responsáveis pela gestão dos centros permitirá a significativa ampliação da oferta de serviços à população. No Caso dos Cras, centros especializados na implantação de serviços sociais que previnem situação de risco, haverá ampliação para acesso aos programas de transferência de renda estaduais e federais, como é o caso dos Programas Bolsa Família e Bolsa Escola. Já os Creas, unidades dedicadas a atendimento em casos de violência, trabalho infantil, apoio a jovens, adultos e idosos, terão maior capacidade para acolher e orientar esses casos.

“Esses investimentos ampliarão o suporte operacional, que é muito importante para os municípios, pois essas unidades físicas, construídas dentro da estrutura e padrão corretos, devidamente equipadas, propiciarão aos municípios uma oferta mais qualificada do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às famílias”, explica a secretária adjunta de Serviço Social da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), Célia Salazar.

Governo do Maranhão está investindo na ampliação da política de assistência social em todas as regiões do estado. (Foto: Orcenil Júnior/Secap)

Governo do Maranhão está investindo na ampliação da política de assistência social em todas as regiões do estado. (Foto: Orcenil Júnior/Secap)

Capacitação e Parcerias

Para garantir a oferta qualificada de serviços de assistência social, a gestão estadual investe na capacitação dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social do Maranhão (Suas). A Sedes oferece cinco cursos na segunda etapa do programa, para qualificar mais de três mil técnicos que atuam nos Centros de Referência, em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (Ufma).

Já em parceria com a Escola de Governo do Maranhão (Egma), a Sedes ofertará mais 15 capacitações com temas relacionados à proteção básica e especial. Algumas dessas capacitações, assim como o Capacita SUAS, serão ofertadas de maneira regionalizada.

“Dentro da lógica de competência da gestão estadual, estamos ofertando assessoramento técnico aos municípios no campo da gestão e dos serviços. Essas ações qualificarão os trabalhadores para que possam oferecer os serviços para os cidadãos de forma mais qualificada”, explica a secretária adjunta, Célia Salazar.

Prioridade para os que mais precisam

O governador Flávio Dino determinou o investimento de quase R$ 426 milhões para a área de Assistência Social em 2017. Os recursos vão garantir a manutenção das redes de proteção social que abarcam as políticas públicas voltadas para o acolhimento a famílias e indivíduos em situação de risco ou de extrema pobreza.

Além da ampliação do programa Bolsa Escola, que garantiu reajuste do benefício, a Sedes implantará o programa de primeira infância ‘Criança Feliz’, dando suporte técnico a 174 municípios maranhenses que fizeram adesão ao programa. O Governo do Estado dará atenção aos municípios do Plano Mais IDH com suporte técnico para implantação de Vigilância Socioassistencial, com recebimento de equipamentos de informática.

Governo do Maranhão está investindo na ampliação da política de assistência social em todas as regiões do estado. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Governo do Maranhão está investindo na ampliação da política de assistência social em todas as regiões do estado. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.