“Foi o maior carnaval em décadas”, diz Flávio Dino sobre festa no Maranhão

As multidões que tomaram as ruas do Maranhão fizeram deste o maior carnaval da história recente do Estado. “Foi o maior em décadas”, disse o governador Flávio Dino nesta quinta-feira (15) por meio das redes sociais.

O Carnaval de Todos, promovido pelo Governo do Maranhão, foi um sucesso de público em São Luís. No interior, muitas cidades, como Imperatriz, também tiveram apoio do Estado para fazer as festas.

“Ano passado estreamos o novo modelo, que se consolidou neste ano. E 2019 será ainda melhor”, disse Flávio, referindo-se aos novos circuitos, inclusive o Joãosinho Trinta, na Beira Mar, que se tornou a sensação desta edição.

O Carnaval de Todos, promovido pelo Governo do Maranhão, foi um sucesso de público. (Foto: Divulgação)

“Coloca os artistas do Maranhão em papel central; e tem grande investimento em Segurança”, acrescentou.

“Agora no Maranhão, temos um calendário de grandes eventos para proveito dos maranhenses e de turistas. Temos programação de Natal e Réveillon; pré-carnaval e carnaval; festas juninas; Museu do Reggae com sua agenda.”

O governador também ressaltou os grandes investimentos em infraestrutura, o que estimula o turismo e a economia. Entre eles, estrada para Santo Amaro, ligação entre Lençóis e Delta do Parnaíba e avanço na despoluição das praias e da Lagoa da Jansen.

“Estamos também recuperando prédios históricos, com recursos próprios, a exemplo do Forte Santo Antônio e da estação ferroviária da Reffsa. E agradecemos aos investimentos de parceiros via PAC Cidades Históricas, como Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e a Prefeitura de São Luís”, disse.

“Tudo isso significa dizer que estamos impulsionando a economia criativa, assentada na cultura e no turismo, como caminho para geração de trabalho e renda. E o mais importante: acreditamos no povo do Maranhão”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.