Flávio Dino participa da abertura da 12ª edição do Projeto Missão Calebe

Cerca de 10 mil jovens cristãos adventistas participaram neste domingo (1) da abertura da 12ª edição do Projeto Missão Calebe. Realizado no Ginásio Castelinho, em São Luís, o evento marcou o início das ações sociais que serão realizadas pela comunidade em todo o mês de julho. Além das apresentações e palavras de pastores e artistas locais e nacionais, a abertura contou com a presença de autoridades, como o governador do Estado, Flávio Dino, homenageado na ocasião.

A estimativa dos organizadores do projeto é que cerca de 30 mil jovens se envolvam nas missões e ações sociais que serão em todo o Maranhão.

“São jovens cristãos que decidem dedicar suas férias escolares para fazer o bem para a comunidade, para pregar o evangelho, ajudar as pessoas durante todo esse período de julho, e esse momento é como se fosse um ‘start’, um momento de consagração parte desses jovens”, explicou o pastor e líder jovem para Norte do Maranhão, Tadeu Monteiro.
Realizado simultaneamente em toda a América Latina, as ações incluem a arrecadação e distribuição de alimentos, palestras, entre outros.
“Nós levamos cestas básicas, evangelizamos, dedicamos um mês para falar de Deus, nos organizamos nas ruas para fazer bem ao próximo, pregar o Evangelho, e isso é gratificante para qualquer cristão”, contou Lucas Eduardo Martins, de 21 anos, morador do bairro do Anjo da Guarda e integrante do projeto desde a infância.
Vindos do distrito de Viana – que inclui 22 grupos e igrejas dos municípios de Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Cajapió e São Vicente Ferrer, os colaboradores da área jovem Jamilson Serra e Miuria Cristina Pinto vieram acompanhando outros 60 jovens.
“Não houve dificuldade porque assim que soubemos o dia do evento nos mobilizamos para conseguir estar aqui, o projeto representa isso, é a sensação de dever cumprido”, afirmou Miuria.
Homenageado como Calebe Apoiador, o governador Flávio Dino elogiou a iniciativa dos jovens e falou da relevância social do projeto.
“São jovens e outros integrantes da sociedade mobilizados em torno da ajuda, assistência, solidariedade, e que levam obras a vários municípios do Maranhão e isso contribui para que a gente tenha uma sociedade mais justa, uma sociedade melhor, seja pelas pessoas que participam, seja por aqueles que vão receber as ações do Missão Calebe”, afirmou o governador.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.