Flamengo despacha o Bota Fogo e se classifica para a próxima fase da Taça Guanabara

O Flamengo levou a melhor diante dos reservas do Botafogo. – Gilvan de Souza/CR
O Flamengo garantiu a sua classificação para a semifinal do primeiro turno do Campeonato Carioca ao derrotar o Botafogo por 2 a 1 na noite deste domingo, no Estádio Nilton Santos. Com o resultado, a equipe rubro-negra chegou aos 12 pontos e ocupa a primeira posição de sua chave, enquanto o Botafogo acabou eliminado, com 4. Guerrero e Everton marcaram para os visitantes, enquanto Roger descontou para os donos da casa.

A partida esteve ameaçada de não ser realizada por causa dos tumultos registrados fora do estádio, envolvendo torcedores dos dois clubes. O Botafogo chegou a pedir o cancelamento do clássico, mas o policiamento foi reforçado e a Federação confirmou o jogo. Com uma equipe reserva, o time dirigido por Jair Ventura correu muito, mas acabou superado pela maior categoria do adversário, que soube impor o seu ritmo e fez por merecer o resultado.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrentará o Madureira em Volta Redonda, enquanto o Botafogo irá encarar o Boavista em Bacaxá.

O jogo

O Flamengo iniciou a partida com mais ímpeto ofensivo, enquanto o Botafogo, com uma equipe reserva, mostrava muita cautela. Aos 11 minutos, Willian Arão, muito vaiado pela torcida alvinegra, arriscou de fora da área. A bola desviou no zagueiro Renan Fonseca e quase surpreendeu o goleiro Helton Leite. Logo depois, o Flamengo criou outra oportunidade. Everton arrancou pela esquerda e tocou para Mancuello, que viu a penetração de Diego e tocou para o meia chegar batendo, mas para fora.

O time dirigido por Zé Ricardo tinha mais posse de bola e só aos 19 minutos o goleiro Alex Muralha teve trabalho para defender uma cabeçada de Igor Rabello.

Depois da parada técnica, o jogo foi reiniciado com o Flamengo tentando acelerar o ritmo e com o Botafogo preocupado em bloquear as ações do adversário.

Aos 27 minutos, Diego levantou na área, e Rômulo cabeceou para uma defesa tranquila de Helton Leite. Para segurar o adversário, o Botafogo se mostrava mais preocupado em segurar a bola para cortar o ritmo do time rubro-negro.

Aos 35 minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. Diego cruzou da esquerda, e Guerrero usou a coxa direita para colocar a bola nas redes alvinegras.

A vantagem do Flamengo não durou muito. Aos 39 minutos, Guilherme recebeu na direita e cruzou para uma cabeçada certeira de Roger, deixando tudo igual no placar.

O Botafogo voltou no segundo tempo com o volante Bruno Silva no lugar de Dudu Cearense. O Flamengo seguiu com mais posse de bola, mas com dificuldades para penetrar na área rival.

O técnico Zé Ricardo decidiu trocar o argentino Mancuello pelo colombiano Berrío. E, logo depois, o Flamengo marcou o segundo gol. Após cruzamento na área, Rafael Vaz tentou a bicicleta, e a bola sobrou para Berrío, que deixou para Everton, livre, empurrar para o gol.

Aos 32 minutos, quase o Botafogo empatou. Vinicius Tanque cruzou, Leandrinho completou, e Alex Muralha ainda tocou na bola, que se chocou com o travessão. A resposta do Flamengo veio em chute forte de Diego que forçou Helton Leite a espalmar para escanteio.

Depois de recuperar a vantagem, o Flamengo passou a administrar o resultado, enquanto Jair Ventura ainda tentou dar força ao time com a entrada de novos jogadores. Leandrinho, nos acréscimos, ainda acertou o travessão, mas o Flamengo soube garantir a vitória.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.