Fies 2018: inscrições foram prorrogadas até esta terça-feira

As inscrições para o Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2018 foram prorrogadas até as 23h59 desta terça-feira (24). Para se inscrever, é preciso acessar a página do Fies na internet.

A data da divulgação do resultado também mudou e vai ocorrer no dia 30 de julho.

Nesta edição são 155 mil vagas ofertadas, sendo 50 mil com juro zero.

Segundo o Ministério da Educação, a prorrogação foi feita porque o sistema apresentou falhas e estava ofertando vagas que não existiam. O ministério, então, entrou em contato com os estudantes que haviam feito inscrição em cursos sem vagas ofertadas para que refizessem o processo.

“Para aqueles que não refizeram, o sistema automaticamente cancelou a inscrição e o MEC os comunicou, também via e-mail e SMS. Ainda, para não prejudicar os alunos, o MEC decidiu prorrogar o prazo de inscrição do processo por mais dois dias”, diz o ministério em nota.

Segundo o MEC, até a manhã desta segunda-feira (23) já haviam sido concluídas 170.190 inscrições.

Podem participar da seleção, estudantes que fizeram o Enem a partir da edição de 2010 e obtiveram média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero).

Para concorrer pela modalidade de financiamento do Fies, é preciso ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Já na modalidade P-Fies (quando o agente financeiro é o banco), a renda familiar mensal bruta per capita deve ser de de três a cinco salários mínimos.

MEC divulga a prorrogação do Fies do segundo semestre de 2018 (Foto: Reprodução)

MEC divulga a prorrogação do Fies do segundo semestre de 2018 (Foto: Reprodução)

Modalidades do Fies

O novo Fies tem duas modalidades:

  • Fies: Candidatos cuja renda familiar per capita seja de até 3 salários mínimos. Nesse tipo de financiamento, o pagamento será feito com juros zero.

Caso o estudante se encaixe nessa faixa de renda, só poderá participar do P-Fies se não houver vaga para o curso desejado na primeira modalidade.

  • P-Fies: Candidatos cuja renda familiar per capita esteja entre 3 e 5 salários mínimos. Nessa modalidade, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito (banco).

Teto de semestralidade

A seleção do segundo semestre terá o retorno do limite máximo do valor das mensalidades cobertas pelo fundo. Ele voltará a cobrir cursos com mensalidades de até R$ 7 mil, ou R$ 42 mil por semestre. No primeiro semestre, o limite era de R$ 30 mil, o que permitia que apenas cursos com mensalidade de até R$ 5 mil pudessem participar do financiamento.

Conhecido como “teto da semestralidade”, esse limite de R$ 42 mil já existia no antigo modelo do Fies, mas foi reduzido no lançamento do Novo Fies, segundo ele, em nome da “sustentabilidade” do programa.

Cronograma do Fies

  • Inscrições: até 24 de julho
  • Resultado: 30 de julho
  • Complementação da inscrição: 30 de julho a 3 de agosto
  • Lista de espera (modalidade Fies): 4 a 24 de agosto

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.