Evento promove negócios entre empresas locais e internacionais

 

 

Esta é a segunda edição da Expo Indústria e devem participar, ao total, 150 empresas.

 

 

 

Profissionais do ramo empresarial terão a oportunidade de fechar novos negócios e se capacitarem ainda mais na Expo Indústria, que acontece entre os dias 8 a 10 de novembro em São Luís/Ma. O evento, voltado a empresários, investidores, estudantes e público em geral, conta com uma grande programação que abrange palestras, bate-papos, oficinas, encontro de negócios, workshops, estandes, painéis e serviços. Esta é a segunda edição da Expo Indústria e devem participar, ao total, 150 empresas.

Um destaque é o Encontro Internacional de Negócios, que promoverá o intercâmbio entre empresas locais, nacionais e internacionais. Já estão confirmados compradores do Reino Unido, Estados Unidos, Emirados Árabes, China e de outros estados do Brasil. Interessados podem se inscrever até o dia 8 de novembro, por meio deste link. No cadastro, a empresa local indicará seu setor, o perfil de interesse comercial e o nível de expertise em negociações internacionais. Segundo o Sistema FIEMA, os setores mais procurados pelos compradores estrangeiros são alimentação, bebidas, construção civil e vestuário.

Após serem finalizadas as inscrições, serão agendadas as reuniões entre produtores maranhenses e investidores internacionais e nacionais, que ocorrerão nos dias 9 e 10 de novembro, durante a Expo Indústria. No dia primeiro dia do evento, 8 de novembro, será realizada uma reunião de alinhamento para orientar as empresas locais durante os encontros de negócio, que ocorrerão em uma sala reservada. Os empresários locais terão acesso a um catálogo com contatos com todas as companhias e empresas internacionais e nacionais que correspondem a seu interesse. Terão ainda acesso a intérpretes, que facilitarão a comunicação com os executivos estrangeiros.

As negociações ocorrerão simultaneamente das 19h às 21h. Nelas, serão informadas a relação de documentos para fechar os negócios, as adequações necessárias aos produtos e ainda a orientação geral para a venda para o exterior.

A expectativa é movimentar, durante as negociações, um volume de R$ 120 milhões.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ma10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.