Espetáculo ‘A terra chora’ estreia no Museu Histórico nesta quinta-feira (5)

O grupo Teatrodança apresenta, nesta quinta-feira (5), o espetáculo ‘A terra chora’.  Natureza, existência e vida no planeta são temas propostos pelo espetáculo, que estreia às 19h, com entrada franca, no Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), casa de cultura ligada à Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

“A terra chora” tem direção da bailarina e coreógrafa Júlia Emília, que também atua na peça ao lado do dançarino Victor Vihen. Com referências diretas à escrita do jornalista e escritor uruguaio Eduardo Galeano (falecido no dia 13 de abril de 2015), o espetáculo encara a tarefa de expor ao público a relação do indivíduo com a natureza e como os seres se conjugam para garantir a vida no planeta.

A pesquisa para montagem do espetáculo foi iniciada em 2013 e contou com assessoria do Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão. O trabalho tem direção sonora do cineasta e músico Ramusyo Brasil e os musicistas João Simas e Luciano Linhares, que incorporaram sonoridades rítmicas das culturas populares.

Grupo Teatrodança

O Grupo Teatrodança foi fundado em São Luís do Maranhão, no ano de 1985. A produção inicial, Bar do Porto, levou ao desejo de renovar, manter a disciplina técnica e o amor pela dança. Em seguida, vieram espetáculos como “Coração Terreiro”, “Poema”, “Sete Saias e Muitos Caminhos”, “Embarcações”, e “Berlim-33”.

A partir de 1998, o coletivo artístico encenou o espetáculo “Bicho Solto Buriti Bravo”, uma parceria com o poeta Ferreira Gullar e o compositor Zeca Baleiro. A pesquisa recebeu a Bolsa Virtuose/Minc e fez intercâmbio de processos na Universidade de Buenos Aires, Danzario Americano e Fondación Río Abierto.

SERVIÇO:

O QUÊ: Estreia do espetáculo “A terra chora”;

QUANDO: Quinta-feira (05), às 19h;

ONDE: Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), na

Rua do Sol, 302, Centro Histórico de São Luís.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.