Erro na forma de contagem dos votos dá título à Flor de Mandacaru, no Arraiá da Mirante

Por Imirante .com

A Flor de Mandacaru é a campeã do Arraiá da Mira 2017.
A Flor de Mandacaru é a campeã do Arraiá da Mira 2017. –

A quadrilha Flor de Mandacaru, de Açailândia foi a grande campeã da 9ª edição do Arraiá da Mira, e não a quadrilha Matutos de Rei, também, de Açailândia, como foi anunciado primeiramente. O erro foi percebido menos de 10 horas após o anúncio do resultado, e automaticamente corrigido pela organização do evento.

O resultado correto do concurso deu o título para a Flor de Mandacaru, que venceu com 53,26 pontos, apenas 19 décimos da segunda colocada, a Matutos do Rei, que ficou com 53,07 pontos. Uma diferença de apenas 19 décimos. A quadrilha Arrastapé, de Imperatriz se manteve na terceira colocação, 52,18 pontos. O quarto lugar foi para a Explode Coração, de Duque Bacelar, com 48,22 pontos.

Presando pela credibilidade do evento, o diretor regional do Grupo Mirante, de Imperatriz, Alan Neto, explicou o erro e pediu desculpas, às quadrilhas e ao público. “Ontem foi um dia atípico, nunca houve um dia como aquele, no Arraiá da Mira. Mas lógico que foi uma falha nossa. Na hora do descarte de nota, nós descartamos errado uma nota e deu uma diferença na contagem. Então, nós detectamos que a Matutos do Rei não foi a campeã, ficou em segundo lugar e a Flor de Mandacaru foi a campeã”, explicou o Alan Neto, antes de pedir desculpas.

“Eu peço desculpas aos quadrilheiros, tanto da Matutos quanto da Arrastapé, que forma os mais atingidos por esse erro nosso. Não foi só a Matutos que foi atingida, a Flor também foi, porque ela não pôde comemorar ontem, seu primeiro título. Pedimos desculpas a Flor, porque esse nosso erro impediu ela de comemorar, ontem, no tablado, e pedimos desculpas a Matutos também, que é uma grande campeã, já tem quatro títulos”, afirma Alan Neto, que presa pela credibilidade e transparência do evento.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.