Em protesto, vendedores ambulantes param o trânsito de São Luís

 

 

Vendedores do comércio informal reclamam da falta de espaço para eles trabalharem.

 

 

 

Em protesto, na manhã desta segunda-feira (26), vendedores ambulantes pararam o trânsito no Centro de São Luís. Com as obras do PAC Cidades Históricas do Governo Federal na Praça do Pantheon e Deodoro, os vendedores do comércio informal reclamam da falta de espaço para eles trabalharem.

Com o início da obra, os trabalhadores foram relocados para Avenida Silva Maia, também no Centro de capital. De acordo com os integrantes do movimento dos trabalhadores do comércio popular, os vendedores querem retornar para área da Deodoro. Desde as primeiras horas do dia, com cartazes e ‘apitaços’, o grupo iniciou uma caminhada pelas ruas do Centro para chamar a atenção do poder público.

Durante a ação, uma engarrafamento se formou, o Canto da Fabril ficou totalmente fechado. Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), além do Batalhão de Choque da Polícia Militar foram acionados para fiscalizar e controlar a manifestação.

 

Batalhão do Choque da Polícia Militar na manifestação.

As obra de revitalização, que iniciou em novembro do ano passado e com previsão de entrega em até 1 ano e 6 meses, darão um novo visual para área do Centro da Capital Maranhense, não há garantias que ambulantes retornem para esses espaços.

Em janeiro, a Prefeitura de São Luís começou obras de adequação do espaço contíguo ao Liceu Maranhense, para onde devem ser remanejados, provisoriamente, os vendedores ambulantes.

Ambulantes iniciaram protesto no local onde inciou as obras para realocamento.

A produção entrou em contato com a Prefeitura de São Luís e aguarda um posicionamento sobre remanejamento e novo espaço para os ambulantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.