Dobra o número de mortes confirmadas por H1N1 em uma semana

O boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (29) pela Fundação Municipal de Saúde confirmou 131 casos para Influenza A H1N1 de janeiro até o momento na capital. Ao todo foram oito óbitos, o dobro do que havia sido registrado na última semana.

Os quatro novos óbitos foram de uma criança do sexo masculino de dois anos de idade, com pneumonia associada e Portador de Paralisia Cerebral; de um homem de 43 anos, hipertenso e diabético, com histórico de insuficiência cardíaca anterior; de um morador de rua de 47 anos com histórico de crise convulsiva; e de um idoso de 76 anos com hipertensão e sequelas de AVC.

O primeiro caso registrado no estado foi do motorista da Secretaria de Saúde, F.L.S, que se negou a ser internado na primeira ida ao hospital e, quando retornou, já estava em estado gravíssimo. No segundo caso confirmado, a vítima tinha por volta de 50 anos, era diabética, cardiopata e sofria com pneumonia. Já o terceiro caso teve como vítima uma mulher de 38 anos, que tinha asma e era fumante. Ela foi transferida em estado grave do Hospital do Monte Castelo para o HUT e não resistiu. A quarta morte foi de um adolescente do sexo masculino, de 13 anos, que deu entrada no Hospital do Satélite e precisou ser transferido para o Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela, onde veio a óbito.

A FMS informou que todo o estoque da vacina da gripe já foi distribuído nas mais de 100 salas de vacinação da capital. A campanha encerra dia 1º de junho. Em sete lotes de entrega por parte do Ministério da Saúde, foram distribuídas 213 mil doses na cidade.

Os dados de quantas doses já foram aplicadas na capital ainda estão sendo compilados para que sejam repassados ao Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações. A FMS esclarece ainda que não irá receber mais nenhum lote de vacina residual do Ministério da Saúde.

Fonte: FMS
Edição: Nayara Felizardo


você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.