Diretor sai preso da sede do Corinthians

O vice-presidente do Corinthians, André Luiz de Oliveira, conhecido como André Negão, foi preso na manhã desta terça-feira (22). A Polícia Federal (PF) deveria conduzi-lo coercitivamente para prestar um depoimento, mas o prendeu em flagrante ao encontrar duas armas de fogo ilegais em sua casa, no Tatuapé.

A PF tinha um mandado de busca e apreensão e outro de condução coercitiva. O cartola poderá responder ao crime em liberdade caso pague a fiança – que ainda não foi estipulada pelo delegado.

O motivo de sua condução foi uma suspeita levantada durante a 26ª fase da operação Lava Jato, deflagrada pela Polícia Federal, que mostrou irregularidades na obra da Arena Corinthians. O Ministério Público Federal acredita que o cartola tenha recebido 500 mil reais em um esquema envolvendo a construtora Odebretch, responsável pela obra do estádio.

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.