Devido falta de combustíveis, trabalhadores portuários paralisam atividades

Devido a falta de combustíveis ocasionada pela greve dos caminhoneiros, que segue no quinto dia, a  Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) informou que trabalhadores portuários da categoria arrumadores paralisaram as atividades na manhã desta sexta-feira (25), pois foram afetados com bloqueio de acesso ao Porto do Itaqui. Com isso, as viagens de ferry-boat começam a ser afetadas.

De acordo com a EMAP, estão sendo tomadas as providências necessárias para garantir o pleno direito de ir e vir e a segurança das pessoas e do patrimônio público. A paralisação desses trabalhadores avulsos afeta neste momento somente a movimentação de fertilizantes, impactada desde ontem pela greve dos caminhoneiros.

A EMAP informou ainda acompanha os acontecimentos na expectativa de que as questões entre sindicatos de trabalhadores e operadores portuários sejam resolvidas o mais breve possível

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.