Detran-MA já expediu mais de 1.300 CNH’s com novos itens de segurança

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), nos três primeiros dias úteis de 2017 expediu 1.371 Carteiras de Nacionais de Habilitação (CNH) com os novos itens de segurança que dificultam a falsificação do documento. Os dados são da Coordenadoria de Habilitação do órgão.

A nova CNH traz 19 itens de segurança que utilizam métodos modernos de combate a falsificação, entre os quais a holografia bidimensional, marca d’água com fundo numismático e impressões sensíveis a luz Ultra Violeta (UV). O documento, agora, vem revestido com uma película protetora que impede a alteração da foto ou de outros dados do condutor, um tipo de fraude bastante frequente. É praticamente impossível remover a película sem danificar as marcas de segurança.

De agora em diante, os agentes de fiscalização já estarão usando lanternas UV nas ações para verificar a veracidade da CNH. Com esse equipamento é possível identificar as marcas de segurança com precisão e rapidez.  Vale lembrar que os condutores não são obrigados a trocar a Carteira de Habilitação imediatamente. Eles podem aguardar o vencimento da carteira para adquirir a nova CNH.

Código de barras bidimensional

A partir de maio deste ano, as CNH’s terão mais um item de segurança: o QR Code. Trata-se de um tipo de código de barras bidimensional, gerado a partir de um algoritmo específico, capaz de armazenar diversas informações e dados variáveis, e que pode ser visualizado através da câmera do celular.  O QR Code será impresso na parte inferior da CNH, e poderá ser acessado através de um aplicativo criado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Nele vão constar todas as informações do documento, inclusive a foto do condutor.

De acordo com a coordenadora de Habilitação do Detran-MA, Nazaré Nunes, apesar de todas as modernizações que estão sendo implantadas, não haverá nenhum custo a mais para quem for tirar a Carteira de Habilitação.  “As novas carteiras estão sendo emitidas normalmente. Não houve nenhum acréscimo de nova taxa e nem nenhum novo procedimento. Os candidatos podem tirar sua habilitação normalmente, só que agora terão um documento mais seguro contra fraudes”, afirmou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.