Deputada critica aprovação da LDO sem discussões

A deputada Helena Barros Heluy (PT) criticou, em sessão extraordinária, no penúltimo dia da legislatura, a forma açodada como foi colocada para ser discutida e votada a Lei de Diretriz Orçamentária do Estado. O presidente em exercício, deputado Victor Mendes (PV), acatou o registro, esclarecendo que é uma opção facultada pelo Regimento da Assembleia a cada deputado discutir ou não a matéria.

Helena destacou a relevância do tema que estava sendo colocado em votação, no mesmo dia em que seria realizada uma Sessão Especial sobre os 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolocente (ECA). Poderia essa votação ser amanhã, ou depois, que não iríamos infringir nada, nem iríamos, ao que suponho, atrapalhar as atividades da Casa e talvez os interesses pessoais de alguns parlamentares, ressaltou.

AGRADECIMENTO A HAICKEL

A deputada Helena Barros Heluy (PT) agradeceu as palavras elogiosas e a indicação de seu nome pelo deputado Joaquim Haickel para receber a Medalha Manoel Beckman.

O deputado, autor do projeto de decreto legislativo concedendo a honraria, justificou sua escolha, ressaltando a atuação parlamentar da deputada, “uma pessoa sem paixões partidárias que defende o que acredita”, destacou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.