Comerciantes preveem vendas em alta após cadastro no Bolsa Escola 2018

Comerciantes de todo o Maranhão já estão se cadastrando para a edição 2018 do Bolsa Escola. O programa do Governo do Estado garante verba para a compra de material escolar para as famílias que precisam de auxílio.

Além de subsidiar a compra do material para alunos de baixa renda, o programa tem injetado recursos para que os comerciantes cadastrados alavanquem as vendas.

O prazo para o cadastramento referente à comercialização em 2018 encerra no dia 30 de novembro, pelo site: www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/credenciamento.

Só quem é comerciante cadastrado pode receber o cartão Bolsa Escola, que será entregue às famílias dos alunos no próximo ano.

Elisamar Araújo, proprietária de uma papelaria no bairro do São Francisco e cadastrada no programa desde 2016, se antecipou para garantir um resultado positivo no próximo ano e driblar a crise econômica: “O Bolsa Escola é o que tem movimentado nossas vendas ultimamente. Esse programa tem inserido mais dinheiro para nós que fazemos parte do grupo de pequenos empresários no Maranhão”.

“Antes, os pais tinham que escolher entre uma coisa ou outra. Agora, com o auxílio, os pais já conseguem levar caneta, caderno, borracha e mais itens que são importantes para a educação da criança e do jovem”, acrescenta Elisamar.

Para se destacar, a microempresária diz que utiliza estratégias como a divulgação em carros de som, a produção de banners e a velha e boa propaganda de boca em boca. “Faço de tudo para atrair essa nova clientela. Coloco divulgação por meio de carro de som, realizo ações perto de escolas e vou comentando com professores e pais de alunos a oportunidade de adquirir produtos de qualidade aqui”.

Avanço

Os 1.413 estabelecimentos que se cadastraram para as vendas de 2017 representam 30,57% a mais que 2016. Os cadastros para 2018 podem superar esse número.

A microempresária Suzana Santos, dona de uma papelaria no bairro do São Francisco, espera “que seja mais um ano de muitas vendas. A busca por material escolar aqui na loja tem crescido cada vez mais. Eu achei importante a injeção dada na economia para suprir a necessidade dessa parcela da população”.

Na avenida principal do bairro Jardim América, a microempresária Roseane Soares de Abreu, diz que as vendas de materiais escolares cresceram com o Bolsa Escola. “Foi um avanço para todo mundo! Essa é uma ação essencial, tanto para o pessoal da comunidade, quanto para os comerciantes. A minha venda aumentou até 80%. Devido ao programa. Muitos pais que não tinham condição passaram a vir e comprar os produtos”, afirma.

Devido à extensa demanda no início do ano letivo, Roseane teve que contratar cinco profissionais temporários para ajudar no atendimento e nas vendas dos materiais na loja. “É impressionante como tive que chamar mais gente. Isso foi bom porque eu abri a oportunidade de emprego. O benefício alcança muita gente, e eu espero que ano que vem seja mais uma vez positivo para todo mundo”, ressalta.

Neste ano o Governo do Maranhão proporcionou um aumento do valor repassado a cada estudante beneficiado, que subiu de R$ 46 para R$ 51, acompanhando o reajuste de 12% do programa federal Bolsa Família, houve também um acréscimo de famílias incluídas no programa.

Quem tem direito ao Bolsa Escola

Têm direito ao programa Bolsa Escola, famílias com crianças e adolescentes de 4 a 17 anos de idade inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e que recebam o Bolsa Família. Ao contrário de outros programas, não há limite em relação ao número de filhos beneficiados por família.

Quem já foi beneficiado pelo programa este ano terá o cartão recarregado a partir de 10 de janeiro de 2017, após a liberação dos recursos pelo governo estadual.

Criado em 2015, o Bolsa Escola já investiu R$ 100 milhões na compra de material escolar para 1,2 milhão crianças e adolescentes. É a primeira vez que o Maranhão tem uma iniciativa como essa. É o maior programa de apoio à compra de material escolar do Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ma10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.