Caso Lorena: novas prisões de envolvidos no crime devem ser realizadas

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) informou, nesta quinta-feira (15), que a polícia segue investigando o homicídio da adolescente Lorena Luíza da Silva Furtado, que estava desaparecida desde maio de 2017.

A vítima foi vista pela última vez em uma casa de show localizada na Estrada de Ribamar. Uma ossada, que seria da adolescente, foi encontrada em um matagal do bairro Luiz Fernando, em Paço do Lumiar.

Na semana passada, dois suspeitos de estarem envolvidos no homicídio foram presos, um deles confessou o crime e levou a polícia até o local onde a vítima teria sido enterrada.

De acordo com informações da secretaria, novas prisões devem ser realizadas.

A menina deixou um filho de dois anos e há suspeitas de que ela estaria grávida quando foi assassinada.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.