Casal mata a própria filha com óleo quente por ela se negar a casar em troca de R$ 66 mil

Um casal foi preso na sexta-feira (23) por supostamente bater, sufocar e derramar óleo de cozinha quente no corpo da filha depois que ela recusou um casamento arranjado. Autoridades disseram que Abdulah Fahmi Al Hishmawi, de 34 anos, e Hamdiyah Saha AlHishmawi, de 33 anos, foram acusados de abusar fisicamente de sua filha, Maarib AlHishmawi, de 16 anos. Eles também tentaram forçá-la a um casamento [VIDEO]arranjado com um homem mais velho.

Javier Salazar, xerife do condado de Bexar, disse que a família da adolescente havia providenciado para que ela se casasse com um homem em outra cidade, em troca eles iam receber uma quantia de US$ 20 mil (cerca de R$ 66 mil).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.