Caminhada por justiça para Davi Bugarin é realizada em SL

 

 

O enterro aconteceu na manhã deste sábado (17), no cemitério Pax União (Paço do Lumiar). Neste domingo, uma caminhada por justiça será realizada na Litorânea.

 

 

 

O corpo do empresário e músico Davi Bugarin, 26 anos, assassinado a tiros pelo sogro na última quinta-feira (15), foi enterrado na manhã deste sábado (17) no Cemitério Pax União (Paço do Lumiar). A cerimônia teve a presença de dezenas de pessoas, entre familiares e amigos, muitos dos quais compartilhando o sentimento de indignação. Para pedir justiça pelo caso, amigos e familiares realizaram uma caminhada na manhã deste domingo (18), às 10h, com o ponto de encontro no “Parquinho” da Av. Litorânea.

Davi Bugarin era sócio-proprietário de uma casa de festas no Centro Histórico de São Luís e deixa dois filhos pequenos.

O velório aconteceu na tarde de sexta-feira (16), no Asilo de de Mendicidade, no bairro São Francisco, em cerimônia fechada para amigos e parentes. “Ninguém esperava. Ele estava feliz com tudo o que estava acontecendo no pub. Pra gente, só fica um sentimento de querer justiça pra quem fez isso com ele”, disse o amigo e músico Felipe Hyily. “Sobre revolta, ainda não sei definir se este é o sentimento ainda, mas a tristeza sim”, comentou outro amigo de Davi, o DJ Aladin Viegas.

Na tarde de ontem, o tenente-coronel reformado da Polícia Militar  Walber Pestana da Silva (62 anos) prestou depoimento e foi liberado. De acordo com seu relato, ele disparou para proteger sua integridade física, de sua filha e de sua esposa. O tenente-coronel confessou ser o autor dos disparos e teria presenciado a filha sendo agredida pelo namorado quando decidiu reagir, disparando contra ele.

O caso segue sendo investigado pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Entenda o caso

O policial militar do Estado do Maranhão aposentado  Walber Pestana da Silva (62 anos) matou a tiros o namorado da filha, o músico e empresário Davi Bugarin. O crime de homicídio ocorreu na Avenida dos Nobres no bairro Parque dos Nobres, Região Metropolitana de São Luís, na noite desta quinta-feira (15).

O policial aposentado teria presenciado a filha sendo agredida pelo namorado quando decidiu reagir, disparando contra ele. O jovem foi alvejado com um tiro após luta corporal com o coronel, que ainda chegou a prestar socorro à vítima. Davi  foi levado ao Hospital Djalma Marques (Socorrão I), mas não resistiu.

A namorada da vítima já fez exame de corpo de delito. A polícia aguarda o laudo para saber se houve agressão.

Leia mais em:

Veja mais na reportagem da TV DIFUSORA:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.