Barracas são retiradas da Praia da Ponta d’Areia na orla de São Luís

Uma intervenção da “Operação Praia Segura” retirou dois quiosques que vendiam bebidas irregularmente na praia da Ponta d’Areia, na manhã desta quinta-feira (19), em São Luís. Segundo o Ministério Público do Maranhão (MP-MA), as barracas estavam em um ponto que é destinado apenas à venda de água de coco e são proibidos de vender bebidas alcoolicas.

“São duas barracas destinadas à venda de água de coco que, ao longos desses tempos, vêm descumprindo decisões judiciais e embargos impetrados pela prefeitura. O que nós conversamos ontem com eles na reunião foi que ou eles cumprem as decisões judiciais ou vão ter que se retirar”, disse o promotor de Justiça José Cláudio Marques, que comanda a operação.

Além das barracas, os bares que estão na Praça do Sol também serão alvo de fiscalização. A reclamação no local é pelo volume do som dos veílculos ali estacionados irregularmente. “Por iniciativa própria, colocamos um cordão de isolamento para evitar a descida dos carros. O que nós podemos fazer é reducar as pessoas para que isso não aconteça, mas, para que isso realmente vigorasse, era necessário uma fiscalização da SMTT”, disse Milena Diniz dona de um bar no local.

“Toda essa área está irregular. Não existe nenhum comodato, nenhuma seção de uso para a utilização. Nós estamos tentando, dentro do inquérito civil, regularizar esta área”, explicou o promotor.

A “Operação Praia Segura” vem sendo realizada desde o começo do mês de março em várias regiões de São Luís e tem como objetivo disciplinar o espaço público e combater a poluição sonora.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.