Bairro da Liberdade completa 100 anos de existência

Cercado de reggae, bumba-meu-boi e história de gente apaixonada, o tradicional bairro da Liberdade celebrou nesta sexta-feira (25) seus 100 anos de existência.

As conquistas e lutas do bairro são contadas pelos icônicos moradores: o padre Aroldo, um boieiro que virou regueiro, da centenária Dona Eugênia, e Maria Nunes Pinheiro, que viveu 66 dos seus 88 anos de existência no local.

O lugar especial também é ventre do Boi da Floresta.

O reggae é algo bem presente na cultura do bairro.

Dona Eugênia, 102 anos de Liberdade.

Fonte: Difusora

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.