Após estuprar a filha de um ano: Pai é linchado e preso em Cachoeiro do Itapemirim

Noticias F5 | Um espancamento foi registrado na noite de segunda-feira (15), no bairro Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim no Espírito Santo (ES). Na ocasião, o espancamento aconteceu após um homem ter abusado sexualmente da própria filha. O suspeito de ter cometido o crime tem 43 anos. Para as autoridades locais, ele é o principal suspeito de ter abusado de uma menina de apenas 1 ano. Conforme informações da imprensa local, o Conselho Tutelar da cidade está acompanhando o caso.

Mãe da vítima foi quem descobriu o crime. Segundo informações da Polícia, o caso veio à tona após a mãe da garotinha flagrar o esposo abusado da filha.

De acordo com a mulher, o esposo estava só com a bebê dentro de um quarto da residência. Em determinado momento, ela foi até o cômodo e flagrou o suspeito cometendo o crime. Ao ser flagrado praticando o ato ilícito, o homem fugiu.

Homem é linchado por vizinhos após ser flagrado abusando da filha. Em seguida, a mulher pediu ajuda para vizinhos relatando o ocorrido. O homem foi cercado pelos moradores e agredido. A polícia foi acionada por testemunhas que presenciaram o fato. Quando os policiais chegaram a cena do crime, o homem teve que ser encaminhado à Santa Casa de Misericórdia por conta da gravidade dos machucados.

Suspeito é internado com sangramento no pulmão. Conforme informações repassadas pela direção do hospital, o homem teve que ficar internado devido um sangramento no pulmão.

O sujeito recebeu alta hospitalar na manhã de terça-feira (16). O homem foi preso logo em seguida e levado à unidade policial da cidade. Lá, prestou depoimento e logo após foi encaminhado à cadeia da cidade. A criança foi encaminhada ao Hospital Infantil São Francisco de Assis, onde recebeu atendimento necessário para o caso. Exames feitos na menina não constataram nenhuma lesão grave.

Mãe da vítima disse que foi a primeira vez que isso aconteceu. Cláudia Beatriz, presidente do Conselho Tutelar da cidade, disse que conversou com a mãe da vítima. Segundo a profissional, está foi a primeira vez que viu o esposo em atos suspeitos com a filha. A mulher disse ter uma outra filha de três anos. Um inquérito policial foi aberto e o caso continua sendo investigado.

Qual a sua opinião sobre esse caso de estupro de vulnerável? Deixe suas ideias na seção de comentários logo abaixo. Não se esqueça de se escrever em nosso canal #Investigação Criminal para ficar bem informado com tudo que virou notícia no Brasil e no mundo.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.