Após acordo: Rodoviários descartam paralisação

Após um longo impasse e várias rodadas de negociação, o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Maranhão (Sttrema) aceitou a proposta do Sindicato das Empresa de Transporte de Passageiros ( SET) e os rodoviários receberão um reajuste salarial de 4,08%.

Como o acordo foi assinado com este valor a partir de maio, os trabalhadores devem receber os valores retroativos a partir deste mês. A proposta aceita pela categoria também prevê um novo reajuste de 1,92% no mês de setembro totalizando os 6%. Segundo o acordo, os valores do ticket-alimentação permanecerão congelados.

O acordo deve ser sacramentado em uma audiência de homologação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) nos próximos dias, mas segundo o Sttrema não há possibilidade de mudança de ideia.

O início de uma resolução ocorreu quando o TRT decidiu no dia 13 de junho que os empresários deviam conceder um aumento de 4,08%. A partir disso, houveram outras  duas reuniões entre empresários e rodoviários que acabou acrescentando 1,92% à decisão judicial.

Segundo a direção do Sttrema, apesar de entender que o reajuste deveria ser mais próximo do que o solicitado nas negociações (que era 13%), os motoristas e cobradores de ônibus estão cientes que o novo reajuste incidirá apenas nos salários.

De acordo com o SET, um fator que onerou as despesas foi a renovação da frota dos coletivos, uma das exigências atribuídas pelo procedimento licitatório realizado pela Prefeitura de São Luís no fim do ano passado.

Mesmo sem a confirmação oficial do poder público, o reajuste nos valores das tarifas dos coletivos deverá ser discutido ainda este ano.

“Mais uma vez, os trabalhadores tiveram a clara demonstração que nossos direitos só são respeitados, com muita luta, indisposição com os patrões e ameaças de cruzarmos os braços”, avaliou Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.