Anvisa proíbe três emagrecedores vendidos pela internet

Agência determinou suspensão de fabricação, distribuição, venda e divulgação dos produtos por falta de registro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da fabricação, distribuição, venda e divulgação dos emagrecedores Phytoemagry, Natu Diet e Natural Diet, fabricados pela empresa Natura Leve. Os três produtos se classificam apenas como fitoterápicos. A medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira e vale a partir de hoje. A agência considerou a medida como “de interesse sanitário”.

Na resolução que determina as proibições, a Anvisa indica o endereço de um blog que seria responsável pela divulgação do produto, mas estende a medida a todos os sites referentes ao produto. Os emagrecedores são encontrados à venda em outros sites, e também pelo Mercado Livre. A empresa Natura Leve não foi localizada pela reportagem.

O blog apontado pela Anvisa foi procurado por VEJA, mas sua responsável, que se identificou apenas como Patrícia, disse não vender mais o produto, não ter conhecimento sobre fornecedores, e que comprava os produtos através do Mercado Livre para fazer a revenda.

FONTE: VEJA.COM

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.