Adolescente é apreendido suspeito de praticar dois homicídios

 

 

Ele é suspeito de matar um mototaxista e um soldado do exército, recentemente.

 

 

Nessa terça-feira, a Polícia Miliar apreendeu um adolescente, de 15 anos, suspeito de cometer vários crimes em Imperatriz, como homicídios, por exemplo. Dois homicídios foram praticados recentemente; um contra o mototaxista João Paulo Uchôa Peixoto, baleado no dia 17 de novembro e morreu dia 22; e do soldado do 50º Bis, José Rodolfo de Sousa Rabelo, crime praticado dia 27 de dezembro.

Os dois homicídios foram praticados no mesmo local, nas proximidades do muro do aeroporto, região do Parque Alvorada. Segundo a polícia, o adolescente costumava ficar no local assaltando pessoas e, quando as vítimas reagiam, eram assassinadas.

As armas usadas nos crimes eram diferentes, o que dificultou o trabalho da polícia. O mototaxista foi morto com um tiro de revólver calibre 32. Já o soldado foi assassinado com uma espingarda calibre 28. Com a espingarda, o suspeito cometeu um arrastão nesse fim de semana, onde, ao lado de outros seis adolescentes, assaltou uma residência na Vila Vitória.

Em depoimento à polícia, o jovem, que tem uma vasta ficha criminal, confessou os crimes e deu detalhes de como matou o mototaxista e o soldado. Detalhou que, contra o mototaxista, efetuou cinco tiros, já contra o soldado foi apenas um. Ele disse que matou porque as vítimas reagiram. O suspeito ainda afirmou que cometeu sozinho os dois homicídios.

Além desses crimes, o adolescente também é suspeito de uma tentativa de latrocínio, em dezembro, contra um jovem, identificado apenas como Gabriel, no bairro Maranhão Novo. A vítima foi baleada nas costas e ficou tetraplégica. Na delegacia, Gabriel reconheceu o adolescente como sendo o autor do disparo no assalto.

FONTE: IMIRANTE.COM

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.