Acidente entre 2 ônibus deixa 8 mortos na região de Pres. Prudente

Um dos veículos transportava estudantes e o outro, sacoleiros.
Vítimas foram encaminhadas para hospitais da região.

Um acidente entre dois ônibus por volta das 0h desta quinta-feira (16) deixou ao menos oito pessoas mortas e 50 pessoas feridas no km 13 da Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563), entre Mirante do Paranapanema e Teodoro Sampaio, conforme informações iniciais do Corpo de Bombeiros.

A colisão frontal ocorreu entre um ônibus de estudantes de Teodoro Sampaio e outro de sacoleiros de Iturama (MG). O trânsito no local chegou a ficar interditado, mas no momento flui no sistema pare e siga.

Do ônibus que transportava os estudantes, morreram o motorista e três passageiros. Já do ônibus que transportava os sacoleiros, também morreram o condutor e três passageiros, segundo a polícia.

O veículo dos estudantes voltava de Presidente Prudente, onde os alunos estudavam, e o ônibus dos sacoleiros retornava do Paraguai, com destino a cidade mineira.

Os feridos foram socorridas para hospitais de Teodoro Sampaio, Mirante do Paranapanema e Presidente Prudente. Oito vítimas foram encaminhadas às unidades de saúde em estado grave, ainda conforme a corporação.

Vítimas
Por meio de nota, o Hospital Regional de Presidente Prudente (HR) informou que até o momento, oito vítimas foram levadas para a unidade, sendo que seis estão em estado estável, fora de risco e duas graves.

O G1 tenta contato com as outras unidades de saúde para atualizar o estado de saúde das vítimas.

Instituições de ensino
Por meio de nota, a Toledo Prudente Centro Universitário, informou que consterna, lamenta o acidente entre dois ônibus, ocorrido na madrugada desta quinta-feira (16).

A Assessoria de Comunicação da instituição informou que está em busca de informações a respeito de vítimas e feridos. “Desde já enviamos nossos sinceros votos de sentimentos à família e amigos”, finaliza a nota.

A Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), informou que está fazendo um levantamento para saber quantos estudantes são da unidade e de quais cursos. A assessoria também relatou que às 10h, será realizada uma reunião com a reitoria para verificar as medidas a serem tomadas, seja acadêmica ou de apoio às famílias.

Fonte: G1

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.