Após vexame contra a Nigéria, Brasil se recupera diante da Africa do Sul

Depois de deixar a torcida com a pulga atrás da orelha pela derrota por 1 a 0 para a Nigéria, a seleção olímpica entrou em campo neste domingo, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, para mais um teste de olho nos Jogos Olímpicos de 2016. Com certa facilidade, venceu por 3 a 1 a África do Sul, no amistoso que contou o retorno aos gramados do meia Rafinha, do Barcelona, que ficou pouco mais de seis meses afastado dos gramados por conta de uma grave lesão no joelho esquerdo.

O JOGO

Rafinha entrou no lugar de Rodrigo Caio e atuou por 30 minutos em campo. O suficiente para dar uma bela assistência e ver Andreas Pereira marcar o terceiro gol brasileiro. Foi a volta aos gramados do meio-campista do Barcelona após seis meses de inatividade em razão de uma contusão no joelho.O meia do Manchester United Andreas Pereira, que entrou bem contra a Nigéria, repetiu a boa atuação contra a África do Sul. Ambidestro, o jogador criou boas jogadas e foi coroado com um belo gol após linda assistência de Rafinha.Vaiado no jogo contra a Nigéria, em Vitória, Felipe Anderson foi muito bem contra os sul-africanos. Deu belos dribles, participou dos dois gols e carimbou várias jogadas no meio-campo, acionando os atacantes. Perdeu um gol cara a cara com o goleiro, é verdade, mas se recuperou da má atuação.
o fim do jogo, o sul-africano Macheke tentou tirar a bola do meia Andreas Pereira, mas sofreu uma grave lesão. Ao dar um carrinho, seu pé ficou preso no gramado e virou. Imediatamente os jogadores das duas seleções entraram em desespero, e os médicos correram para o gramado. Com muitas dores, além da suspeita de fratura, o jogador foi retirado do gramado de ambulância e deixou o Estádio Rei Pelé direto para o hospital.andreas2

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.